Ronronar.

O gato ronrona para mostrar que está feliz, confortável, animado. Em casos mais raros o gato ronrona por causa de dor ou para pedir socorro. Exemplos: gatas dando à luz ronronam. Gatos atropelados ou muito subnutridos ronronam para pedir socorro.Image

Anúncios

Mito Ridículo – O Gato Só Gosta da Casa!

Nada mais mentiroso. Só diz isso quem nunca teve um gato. Ele só não gosta de sair, não gosta de mudanças, não gosta de visitas. Gatos gostam da segurança e do silêncio do lar. E gostam só do dono. Existem gatos que morrem com a falta do dono, seja por falecimento deste ou por doação a estranhos depois da idade adulta do gato. Mais uma vez: gato não é cachorro. Só é preciso entender a linguagem felina.

Gatos na terceira idade.

Como no homem, o organismo do gato vai enfraquecendo com o avançar da idade. Os órgãos vitais vão funcionando de forma cada vez menos eficiente, e começam a aparecer diversos problemas, como alterações no coração, no cérebro, nos rins e no fígado. A maioria dos problemas de saúde comuns nos gatos desta faixa etária passam despercebidos na sua fase inicial. O gato não aparenta estar mal de saúde até chegar a um estado bastante avançado da doença.Por isso, o gato idoso deve receber atenções e cuidados especiais, como idas periódicas do seu estado de saúde e visitas regulares ao veterinário. Nesta fase da vida, também a alimentação deve ser modificada, trocando a ração por outra mais adequada, com formulações específicas. Muitos gatos precisam de menos alimento e calorias na velhice. Um gato pouco ativo pode adquirir tendência para a obesidade. Outros podem apresentar problemas de má absorção, prisão de ventre e perda de apetite.A maioria dos gatos idosos apresenta um acúmulo de tártaro e problemas na gengiva. São frequentes os problemas urinários e os tumores nas gatas não esterilizadas, assim como problemas nos rins e no coração. Consulte o veterinário para ter melhor orientação em cada caso. Podem ser necessários uma série de exames, para verificar o estado de saúde do gato. Mesmo quando saudável, o gato idoso precisa de atenção especial, por parte dos donos. Os cuidados com a higiene e a pelagem devem ser redobrados. E, mais do que nunca, ele precisará de sossego, descanso e um lugar macio para dormir.Nesta altura, ele dormirá grande parte do seu tempo. A velhice é também uma péssima fase para mudar de casa ou ganhar um novo companheiro. Mesmo gatos jovens são sensíveis à mudanças na sua rotina. Na maturidade, esta tendência acentua-se, e qualquer alteração no cotidiano pode causar grande stress.Image

Gatos e cães, amigos ou inimigos?

Frases como “parecem o cão e o gato” dão a ideia que os dois, juntos e a viver debaixo do mesmo teto, não é uma boa ideia. Sim, é verdade que somos animais completamente distintos em termos de aspecto, hábitos e personalidades, no entanto, é possível vivermos em harmonia!  Image