Acordando o dono

“Os gatos sabem instintivamente o momento exato em que o dono vai acordar… Então, eles o acordam dez minutos antes” – Jim Davis, o criador do gato Garfield.

Em primeiro lugar, o gato gosta de receber atenção do dono. A crença de que o gato se apega à casa e não ao seu dono é totalmente “furada”. Enquanto seu gatinho dorme o dia todo (provavelmente nas horas em que você está fora, trabalhando), no momento em que você chega, ele quer sua atenção, sua companhia e seu carinho. Então além da crença de que ele sabe o momento em que você irá acordar, ele também pode estar te acordando porque quer que você gaste um tempinho com ele, brinque, ofereça comida, etc, como uma forma de mostrar que se preocupa com seu gatinho. Planeje gastar um tempinho com ele quando você chega, ou um pouco antes de ir dormir. Brinque, ofereça comida, faça ele gastar energia e mostre que gosta de estar perto dele. O fato de ele gastar energia e se alimentar à noite com você pode diminuir a vontade que ele tem de te acordar e pedir companhia/comidinha. Mas pode ser que ele te acorde mesmo assim. Jamais brigue com seu gatinho por isso – gatos não associam as punições que recebem, como os cachorros fazem. Ele se tornará um animal medroso e não irá agir como você deseja. O ideal é que você atenda os pedidos dele e até se antecipe a eles – como no caso de gastar uns minutos de sua noite, em um horário estabelecido por você – até que ele se acostume com isso.Image

 

 

Gato gosta de banho sim!!

É um grande no mito acredita que “gato não gosta de água!! E eles precisam de tomar banho com água e sabão.  O chamado “banho de língua” que nossos amiguinhos tomam diversas vezes ao dia, não lhes retira todas as impurezas do pêlo, principalmente se forem pêlos longos. O indicado pra os felinos é um banho de 15 em 15 dias. Não é fácil dar bando em um felino, por isso indicamos que este procedimento seja realizado por um estabelecimento que tenha profissionais especializados, mas seguem algumas dicas para o banho em casa:  Coloque nos ouvidos chumacinhos de algodão para que não entre água e cause otite, ligue a água antes para que o bichano não se assuste, a água deve estar bem morninha, nunca mais fria que a temperatura corporal do gato. Inicialmente molhar bem todo o seu corpinho, sem molhar a cabecinha. Ensaboe com shampoo ou sabonete adequado todo o corpo não esquecendo das patas. Depois, delicadamente lave o focinho com cuidado para não entrar água no nariz.  Depois de tirar todo o sabão, enrole-o numa toalha.

Ronronar.

O gato ronrona para mostrar que está feliz, confortável, animado. Em casos mais raros o gato ronrona por causa de dor ou para pedir socorro. Exemplos: gatas dando à luz ronronam. Gatos atropelados ou muito subnutridos ronronam para pedir socorro.Image

Mito Ridículo – O Gato Só Gosta da Casa!

Nada mais mentiroso. Só diz isso quem nunca teve um gato. Ele só não gosta de sair, não gosta de mudanças, não gosta de visitas. Gatos gostam da segurança e do silêncio do lar. E gostam só do dono. Existem gatos que morrem com a falta do dono, seja por falecimento deste ou por doação a estranhos depois da idade adulta do gato. Mais uma vez: gato não é cachorro. Só é preciso entender a linguagem felina.

Gatos na terceira idade.

Como no homem, o organismo do gato vai enfraquecendo com o avançar da idade. Os órgãos vitais vão funcionando de forma cada vez menos eficiente, e começam a aparecer diversos problemas, como alterações no coração, no cérebro, nos rins e no fígado. A maioria dos problemas de saúde comuns nos gatos desta faixa etária passam despercebidos na sua fase inicial. O gato não aparenta estar mal de saúde até chegar a um estado bastante avançado da doença.Por isso, o gato idoso deve receber atenções e cuidados especiais, como idas periódicas do seu estado de saúde e visitas regulares ao veterinário. Nesta fase da vida, também a alimentação deve ser modificada, trocando a ração por outra mais adequada, com formulações específicas. Muitos gatos precisam de menos alimento e calorias na velhice. Um gato pouco ativo pode adquirir tendência para a obesidade. Outros podem apresentar problemas de má absorção, prisão de ventre e perda de apetite.A maioria dos gatos idosos apresenta um acúmulo de tártaro e problemas na gengiva. São frequentes os problemas urinários e os tumores nas gatas não esterilizadas, assim como problemas nos rins e no coração. Consulte o veterinário para ter melhor orientação em cada caso. Podem ser necessários uma série de exames, para verificar o estado de saúde do gato. Mesmo quando saudável, o gato idoso precisa de atenção especial, por parte dos donos. Os cuidados com a higiene e a pelagem devem ser redobrados. E, mais do que nunca, ele precisará de sossego, descanso e um lugar macio para dormir.Nesta altura, ele dormirá grande parte do seu tempo. A velhice é também uma péssima fase para mudar de casa ou ganhar um novo companheiro. Mesmo gatos jovens são sensíveis à mudanças na sua rotina. Na maturidade, esta tendência acentua-se, e qualquer alteração no cotidiano pode causar grande stress.Image

Gatos e cães, amigos ou inimigos?

Frases como “parecem o cão e o gato” dão a ideia que os dois, juntos e a viver debaixo do mesmo teto, não é uma boa ideia. Sim, é verdade que somos animais completamente distintos em termos de aspecto, hábitos e personalidades, no entanto, é possível vivermos em harmonia!  Image

Gatos sentem ciúmes!

Image

Como você já deve saber, gatos são animais inteligentes. Talvez por isso tenham sentimentos que consideramos exclusivamente humanos, como ciúme ou amor. Caso haja mais de um animal na casa, eles podem notar se um recebe mais carinho do dono que o outro. Por isso devemos procurar fazer carícias em todos os gatos da casa, sem discriminação. Todos os gatos merecem atenção. Mantenha esta harmonia em sua casa!

Entradas Mais Antigas Anteriores